11 Aug 2020

Museus e espaços culturais da Prefeitura permanecem fechados em Salvador

Museus e espaços culturais da Prefeitura permanecem fechados em Salvador Os museus e equipamentos administrados pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e Fundação Gregório de Mattos irão permanecer fechados, mesmo com o início da fase dois da retomada das atividades econômicas em Salvador.

Dessa forma, permanecem fechados a Casa do Carnaval e a Casa do Rio Vermelho - Jorge Amado e Zélia Gattai, no Pelourinho, e os espaços Carybé das Artes e Pierre Verger de Fotografia, ambos no Porto da Barra, além da Casa do Benin, no Pelourinho, a Biblioteca Edgar Santos, na Ribeira, e os espaços do Boca de Brasa.

"Esses museus oferecem uma enorme experiência interativa, inclusive com o uso de áudio guias e salas sem ventilação natural, que possuem monitores e projetores de vídeo, que, pelo protocolo, não poderiam funcionar, mas que são essenciais nesses equipamentos culturais da Prefeitura", lembrou o titular da Secult, Pablo Barrozo, que informou que os espaços geridos pela Secult só devem reabrir a partir da fase três da retomada, quando, a depender da evolução do novo coronavírus da cidade, espera-se que o protocolo setorial para o setor seja flexibilizado.

O protocolo estabelece, por exemplo, a proibição de obras, exposições e filmes interativos, assim como a realização de apresentações ou performances interativas ou que estimulem o contato ou a redução do distanciamento mínimo entre as pessoas. Também proíbe a exibição de filmes ou vídeos em espaços fechados.