Notas


25 Abr 2019

Dois pés atrás

Dois pés atrás Integrantes da cúpula do trade turístico baiano estão com os dois pés atrás com o novo secretário estadual do Turismo, Fausto Franco. A avaliação é que o mandatário, que está há quase três meses no cargo, ainda não disse a que veio. Embora já tenha aberto algumas rodadas de diálogo com o trade, Fausto não apresentou propostas para ações consideradas prioritárias para o setor, como o Centro de Convenções do estado, cujo projeto não avança.

Entretanto, a principal preocupação do trade é a ‘inércia’ do secretário diante da extinção de rotas da Avianca, que está em processo de recuperação judicial. O “x” da questão é que, sem a companhia aérea, a oferta de voos será reduzida e, na contramão, a demanda vai aumentar, provocando uma consequente elevação nos preços das passagens.

“Fausto tem que focar nisso, mas ainda não apresentou uma proposta para uma política séria para o querosene da aviação”, avalia um integrante do trade, sob anonimato. “Ele ainda não apresentou sua linha de trabalho nem o que será prioridade e isso é preocupante”, contou outro influente membro do setor turístico baiano.
 
Foto: Divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia.