Entrevistas


29 Jan 2019

Arturo Isola revela planos da Amázzoni Gin

Arturo Isola revela planos da Amázzoni Gin Após um ano de crescimento intenso, Arturo Isola revelou ao Alô Alô Bahia quais são os próximos planos da Amázzoni Gin para 2019. A marca de gin artesanal conquistou o prêmio de melhor produtor artesanal pelo World Gin Awards e promete boas novidades para o mercado baiano. Vem ver!


Alô Alô Bahia: Quais são os próximos passos planejados para a Amázzoni Gin?

Arturo Isola: A Amázzoni vai completar 2 anos em março. Foram dois anos de crescimento intenso, após três anos de muito preparo, onde planejamos de maneira muito minuciosa para que lançássemos no mercado um produto de muita qualidade e que a gente consumiria e indicaria para os amigos. 2018 foi um ano sensacional, crescemos 100% em relação a 2017, e o planejamento para 2019 é crescer 70%, chegando a produzir e vender 170 mil garrafas, o que é um resultado incrível para uma marca artesanal com 2 anos e meio de existência. Além disso, também temos planos de abrir exportação neste ano para locais como Portugal, França, Inglaterra, Espanha e Estados Unidos.


Alô AlÕ Bahia: O que não pode faltar na produção de um bom Gin?

AI: Acredito que, como todas as coisas boas, não pode faltar paixão, amor, coerência e atenção aos detalhes. Isto porque a destilação de um gin em si não é difícil, pois é um processo de alquimia, mas que pra fazer bem é bastante complexo. No nosso caso, foram mais de dois anos de testes. Então o que não pode faltar também são produtos de qualidade – a Amázzoni usa 100% ingredientes naturais. E por fim, no caso do Gin, precisa de um bom álcool de base – é o que define se no outro dia você vai acordar de ressaca ou não.
 

Alô Alô Bahia: O que representou pra você o título da World Gin Awards de melhor produtor artesanal?

AI: Representou uma grande satisfação e veio premiar toda a preparação que fizemos para lançar a marca e a coerência que tivemos com a proposta de ser uma marca 100% artesanal. Além disso, representou também uma vitória do Brasil, pois nenhuma marca de destilado sulamericana tinha chegado à final desse prêmio. Então representou um orgulho não só pra nossa marca, mas também para o Brasil.

Alô Alô Bahia: Qual o seu sabor de Gin favorito?

AI: Todos. Adoro Gin, por isso que acabei me tornando um produtor e um criador de marca. Mas entre todos, a minha predileção é pelo seco.

Alô Alô Bahia: Para o clima de Carnaval, qual Gin você recomenda?

AI: Recomendo o Gin Tônica, é o drink mais refrescante, tudo a ver com o Brasil e o clima e época do verão e Carnaval.

Alô Alô Bahia: Tem agenda programada para a capital baiana? Têm planos para o mercado baiano?

AI: Temos sim. Já fechamos com a Tio Sam, através de Amanda Vasconcellos. E estamos prestes a fechar parceria com o Origem, Amado, Soho, Hotel Fera Palace e Fasano. O plano é de estar cada vez mais próximo destas casas premium, que saibam premiar um conceito de gin artesanal brasileiro. Participamos do casamento do chef Fabricio Lemos e estamos indo agora também realizar ativações de marca em Trancoso. Então, a Bahia está nos nossos planos de maneira expressiva neste ano pois é um mercado que está crescendo muito.

Foto: Divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia