Entrevistas


08 Jun 2018

Alô Alô Bahia entrevista Luis Gaban

Alô Alô Bahia entrevista Luis Gaban A entrevista dessa semana é com Luis Henrique Gaban, Diretor de Modernização e Tecnologia da Gestão. Advogado de formação, Gaban está à frente da diretoria, que é responsável por diversos projetos ligados à inovação da gestão na Prefeitura de Salvador.

Alô Alô Bahia – Qual o papel da Diretoria de Modernização e Tecnologia da Gestão?

Luis Gaban – Assumi esse desafio há pouco mais de um ano e nossa diretoria tem, cada vez mais, desenvolvido um papel de articulação extremamente relevante para a Prefeitura ao repensar seus fluxos operacionais, propor projetos inovadores que visam a eficiência do serviço público, a redução dos gastos, a modernização das estruturas organizacionais e a melhor entrega ao cidadão. Nós temos feito um verdadeiro trabalho de transformação da gestão em parceria com todo o time da Prefeitura, sob o olhar atento do Prefeito ACM Neto e com o importante apoio do Secretário de Gestão, Thiago Dantas.

Alô Alô Bahia – Conte-nos sobre o trabalho na Diretoria de Modernização e Tecnologia da Gestão.

LG – É impressionante como a nossa diretoria mantém uma articulação com todos os órgãos, trabalhando conjuntamente em busca das melhores práticas de gestão, objetivando sempre a redução dos gastos, a eficiência e melhor prestação dos serviços públicos, uma das premissas da nossa Secretaria de Gestão (SEMGE). Um dos grandes exemplos dessa articulação é o projeto Pitch Salvador, lançado em março, que está selecionando startups com soluções inovadoras para desafios da gestão pública identificados pelas Secretarias Municipais de Saúde (SMS), Educação (SMED) e Promoção Social e Combate a Pobreza (SEMPS). Inclusive, nos dias 12 e 13 de junho, ocorrerá o evento de apresentação dessas startups lá no Hub Salvador, uma estrutura colaborativa à disposição do ecossistema de inovação, que integra o programa Salvador 360.

Alô Alô Bahia – Qual o papel dessa diretoria no Ecossistema de Inovação?

LG – Nossa atuação frente ao ecossistema de inovação tem sido, além do fomento aos projetos de inovação, promover uma sinergia entre as diversas ações inovadoras dos órgãos ligados à inovação do município, a exemplo da Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação (SECIS), Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (SEDUR) e a Companhia de Governança Eletrônica (COGEL). Destaco ainda o papel de articulação entre os diferentes entes como universidades, startups, empreendedores, agências de fomento e aceleradoras, fortalecendo essas relações com a Prefeitura e contribuindo para um novo cenário de desenvolvimento e inovação. 


Alô Alô Bahia – Como você percebe os avanços tecnológicos e os desafios da atualidade?

LG – Percebo que realmente já estamos vivendo a nova revolução industrial, resultado das diversas tecnologias que vêm surgindo a cada dia e estão à disposição de todos, a exemplo do Cittamobi, aplicativo de celular lançado em 2014 pelo Prefeito ACM Neto e pela Secretaria de Mobilidade (SEMOB), que apresenta os horários e itinerários dos ônibus, tornando mais fácil a vida dos usuários de transporte público. Esse é um dos exemplos que demonstram o quanto é imprescindível que os gestores públicos estejam atentos às transformações tecnológicas e procurem inseri-las em suas rotinas de gestão, de modo a facilitar a vida dos servidores e cidadãos.

Alô Alô Bahia – Depois desse período à frente dessa Diretoria, qual sua visão para o futuro considerando tantos avanços tecnológicos?

LG – Acredito que o futuro será norteado por aqueles que tiverem a capacidade de entender as demandas da sociedade, identificando as tendências e propondo as soluções mais adequadas e inovadoras. É justamente pelo fato de estarmos atentos às transformações tecnológicas e às responsabilidades da gestão pública, que a nossa diretoria assume um papel muito importante nesse processo, funcionando como uma grande articuladora com os órgãos da Prefeitura.  

Foto: Reprodução. Siga o insta @sitealoalobahia